sexta-feira, 19 de março de 2010

ORAÇÃO DE SÃO JOSÉ

ORAÇÃO: Glorioso São José, que fostes exaltado pelo Eterno Pai, obedecido pelo Verbo Encarnado favorecido pelo Espírito Santo e amado pela Virgem Maria: Louvo e bendigo a Santíssima Trindade pelos privilégios e méritos com que vos enriqueceu. Sois poderosíssimo e jamais se ouviu dizer que alguém tenha recorrido a vós e fosse por vós desamparado. Sois o Consolador dos aflitos, o amparo dos míseros e o advogado dos pecadores. Acolhei, pois, com bondade paternal a quem vos invoca com filial confiança e alcançai-me as graças que vos peço nesta Novena… Eu vos escolho por meu especial Protetor. Sêde, depois de Jesus e Maria, minha consolação nesta terra, meu refugio nas desgraças meu guia nas incertezas, meu conforto nas tribulações meu pai solícito em todas as necessidades. Obtende-me finalmente como coroa dos vossos favores, uma boa e santa morte graça de Nosso Senhor Assim seja.

POSTADO POR NOSSA MODERADORA CIDA


Aparecida Martos - *~*Amigas_do_croche*~* - Público - Ignorado
Dia do Artesão - Dia do Pai Dia de São José - 19 de Março
19 de Março o que tem em comum essas três datas que se comemoram hoje?fiz uma pesquisa em vários livros e sites e cheguei a estes pequenos resumos.Vamos conhecer cada uma das histórias e compara a...
19 de Março o que tem em comum essas três datas que se comemoram hoje?
fiz uma pesquisa em vários livros e sites e cheguei a estes pequenos resumos.
Vamos conhecer cada uma das histórias e compara a ligação entre elas?
Seja bem-vindo a deliciar-se em um pouquinho de cultura...

São José é o modelo ideal do operário.
Sustentou sua família durante toda a vida com o trabalho artesanal, cumpriu sempre seus deveres para com a comunidade, ensinou ao filho a profissão de carpinteiro e, desta maneira suada e laboriosa, permitiu que as profecias se cumprissem e seu povo fosse salvo, assim como toda a humanidade.

Proclamando São José como protector dos trabalhadores, a Igreja demonstra estar ao lado deles, dando-lhes como patrono o mais exemplar dos homens, aquele que aceitou ser o pai adoptivo do Deus feito homem, mesmo pressentindo o que poderia acontecer à sua família.

Em vida José lutou pelos direitos da vida humana e agora, coloca-se ombro a ombro na luta pelos direitos humanos dos trabalhadores do mundo, por meio dos membros da Igreja que aumentam as fileiras dos que defendem os operários e seu direito a uma vida digna.
Ao que tudo indica, o Dia dos Pais tem uma origem bem semelhante ao Dia das Mães.
Pelo menos é o que mostra a tradição norte-americana.
Em ambas as datas, a ideia inicial foi praticamente a mesma: criar datas para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.Em 1909 Sonora Louise Dodd, filha do veterano da Guerra Civil, John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão de sua mãe, teve a ideia de celebrar o Dia dos Pais. Sonora, de Washington, queria um dia especial em homenagem ao pai, que viu sua mulher dando a luz ao sexto filho, tendo que criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinho. Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém; foi destemido e amável.

Então, já que John Bruce Dodd, pai de sonora, nascera no mês de Junho, ela escolheu celebrar o primeiro Dia dos Pais em Spokane, Washington, no dia 19 de Junho de 1910.
Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a ideia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro Domingo de Junho como o Dia dos Pais.
PELO MUNDO: Pelo menos onze países também comemoram o Dia dos Pais à sua maneira e tradição. Na Itália e Portugal, por exemplo, a festividade acontece no mesmo dia de São José, 19 de Março. Mesmo com a ligação católica, essa data ganhou destaque por ser comercialmente interessante.

É também neste dia que são homenageados o carpinteiro, o marceneiro e os artesãos em geral.
O carpinteiro é o profissional que atua geralmente na construção de habitações e estruturas de madeira.
O marceneiro trabalha com arte, dando forma às madeiras mais nobres.
Durante muito tempo, o carpinteiro foi um dos profissionais mais requisitados, pois do seu trabalho dependiam vários ofícios.
Os móveis da casa, os carros de bois ou puxados a cavalos, as ferramentas agrícolas de madeira etc. Esse ofício sobreviveu ao progresso, mas o carpinteiro teve de se adaptar aos novos tempos, recorrendo a equipamentos automáticos e alterando as suas produções.
As antigas ferramentas tornaram-se, em grande parte, obsoletas, ainda que muitas delas mantenham as feições dos séculos passados.
De modo geral, as antigas oficinas evoluíram para pequenas ou médias fábricas, e o artesão se transformou em operário.


O mais famoso carpinteiro foi Jesus que, na sua imensa humildade, aprendeu a arte da carpintaria com são José, homem simples e trabalhador, escolhido por Deus, em seu grandioso plano de redenção para a humanidade, para ser o pai terreno e tutor do Menino Jesus, em sua tão sublime missão.
Maria era noiva de José, quando o anjo Gabriel lhe anunciou a chegada de Jesus. José, assustado, pensou em deixá-la secretamente, sem contar nada a ninguém.
Depois de sonhar com o anjo, que lhe revelou ser a criança o filho de Deus, José atendeu ao conselho e a acolheu, protegendo-a, bem como seu filho.
Essa decisão marcou o fim do Antigo Testamento. José sempre esteve ao lado de Maria e de Jesus nas maiores provações; a sua protecção foi primordial para que Jesus crescesse, atingisse a idade adulta e cumprisse sua Paixão. Pouco se sabe sobre a morte de José, mas esse valoroso homem mereceu da Bíblia um valioso título: o de homem justo.


São José é, também, o padroeiro dos carpinteiros e dos artesãos.
Os artesãos, de fato, são pessoas premiadas por Deus com um dom especial.
Eles são, antes de tudo, artistas operários, que participam de todo o processo do trabalho, até da comercialização, cujo resultado será para manter a si e a sua família.
O artesanato é uma actividade universal, que se diferencia no modo de fazer, no material empregado e nas formas ou padrões empregados em cada época e região.
Essa rotina do manejo artesanal mantém a continuidade histórica dos processos tradicionais e das técnicas milenares, incorporados e padronizados pelos artesãos, que em geral os reinventam em cada nova peça ou forma, de acordo com suas inspirações.
A modernidade quer que o artesão seja visto como um precursor do micro empresário, que trabalha com a família para o seu sustento.


Mas ele não pode ser confundido com um simples vendedor de rua, cujo tabuleiro está repleto de quinquilharias, pois seu valor social é outro.
Hoje, o artesanato tem o conceito mundial de arte popular e é considerado o património cultural de uma nação.
Assim sendo, é essa arte simplista que registra a trajetória de uma época, de um lugar, de um povo. Por meio dela é que se reconstrói a história das civilizações.

Feliz dia dos pais e que S. José abençoe a todos os artesãos e que ilumine com muita criatividade todas as amigas do croche.

Nenhum comentário: